MUITO x pouco








Então, não temos o direito de diminuir a dimensão do problema do outro. Se para uns, a dor de unha encravada pode ser um grande problema, para outros a dor de uma doença mais grave pode ser superada com paciência.

Ontem, eu estava no supermercado, quando uma senhora bem idosa fazia a atendente do caixa sorrir. Eu não estava prestando atenção ao assunto falavam, até a senhora idosa virar para mim e dizer: 

- A gente tem que rir da vida. Meu marido está internado em casa (Home Care). Ele foi fazer uma cirurgia e está paralítico. Reze por mim e por ele. 

Depois, me disse o nome de ambos. Em seguida, o filho dela (bem paciente) chamou para irem embora.

Na semana em que começam as Paralimpíadas Rio 2016, vamos assistir muito mais que disputas, mas momentos de superação de pessoas que não desistiram diante dos problemas e deram a volta por cima, venceram barreiras físicas e emocionais para estarem ali fazendo o que gostam, necessitam e lhes dar prazer. 

Excelente início de semana.











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.