O pai de Brennand


crédito da imagem



Francisco Brennand, artista plástico pernambucano, disse numa entrevista ao jornalista Gerson Camarotti, também pernambucano, que quando ele levou ao pai a ideia de restaurar a antiga fábrica de cerâmica da família,que estava desativada para transformá-la num atelier, o pai respondeu:

- Só não mando você começar agora porque já é noite. Comece amanhã.

Ele beijou seu pai na testa e agradeceu.

Com uma produção artística que prevalece erotismo, Brennand contou a Gerson que, durante anos apenas o pai lhe visitou e mais ninguém.

Pensei então, o visionário foi, sem dúvida, o pai. 

Hoje, Brennand é um dos artistas mais renomados das artes plásticas, com reconhecimento internacional.

Assim como Brennand, precisamos nos cercar de pessoas incentivadoras, empreendedoras e que tenham os pés no futuro, sem deixarem de ser responsáveis e de correrem riscos calculados. E nos afastarmos daquelas que são negativas, ultrapassadas, inseguras e medrosas.

"Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena
acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!"
(Música: Mais uma vez, de Renato Russo/Legião Urbana)

Um ótimo início de semana. De paz...





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.