Uma escolha não pode nos aprisionar







“A vida não se fecha em si mesma.

Sempre há uma saída, por mais encerrados que possamos estar em nossos problemas.

Quando as coisas parecerem presas a um destino irremediável, basta procurarmos uma fresta de luz e desviarmos nosso caminho em sua direção.

Tudo na vida é sujeito de mudanças, inclusive nossas escolhas.

O fato de optarmos por determinado caminho não nos aprisiona nem nos engessa a ele.

Sempre haverá outros rumos cortando o que escolhemos, mas que, fatalmente, nos levarão ao mesmo lugar.

A água que está nos lençóis subterrâneos não está presa ao fundo da terra, mas corre por debaixo dela até encontrar uma passagem para luz. Essa é a vida. Temos que buscar. Buscando, certamente, acharemos.”

(Do livro “Greta”, de Mônica de Castro)


Um bom início de semana.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.