A infelicidade está para quem gira em torno de si



O ano de 2015 está chegando ao fim, e com ele mais um ciclo temporal se encerra.

Diz o filósofo Huberto Rohden, no seu livro Porque sofremos, Editora Martin Claret, 1993, o indivíduo que gira 24 horas por dia, 365 dias por ano, em torno de si mesmo, do seu pequenino ego humano, nos seus pequenos prazeres e nas suas mágoas pessoais, será necessariamente,

INFELIZ.

Para ser profundamente

FELIZ

é indispensável abandonar de vez a trajetória do seu ego e lançar-se à vastidão do infinito, permitindo ser por Deus envolvido. E o primeiro passo para essa conquista, é


ENTUSIASMAR-SE

por alguma obra de ética humana, trocar o seu pequeno eu pelo grande nós universal. Significa dizer que é necessário ser sensível à miséria alheia.

Porque quem girar em torno de si, inexoravelmente, estará fadado à atrofia psíquica e espiritual, podendo ser penalizado com a doença e a infelicidade.

Uma questão para se refletir no período em que, comumente, traçarmos nossas metas para futuro.

Bom início de semana.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.