O segredo está no coração






Conta-se a história de um viajante que, ao chegar a uma nova cidade, encontra um guarda na entrada e pergunta:

- Como são as pessoas desta cidade?

O guarda responde: - Como são as pessoas de onde você vem?

O viajante responde:  - São generosas, amigas, verdadeiras e sinceras, muito hospitaleiras, alegres e amorosas.

O guarda responde: - Aqui as pessoas são bem assim.

Outro viajante se aproxima e faz a mesma pergunta. O guarda também repete a sua resposta, fazendo a mesma pergunta. E o viajante responde:

- Lá, as pessoas são egoístas, ciumentas, invejosas e falsas. Todos só são amigos por interesse e só querem levar vantagens.

O guarda, então, respondeu: - Aqui as pessoas são bem assim.

Outro homem que assistia tudo questionou o guarda: - Por que você deu a mesma resposta aos dois viajantes?

O guarda disse: - Porque as pessoas vão encontrar nas outras o que elas mesmas trazem dentro do seu coração.


Você conhece pessoas que sempre estão prontas a dar uma palavra de ânimo, de esperança? E conversar com elas é uma alegria? Certamente que sim.  

Mas, também há aquelas pessoas que você conhece e que parecem só dizer coisas ruins, não é verdade?  Para elas, tudo é difícil e parece que são as que mais sofrem no mundo...

O segredo está no seu coração, ou seja, na mente de cada pessoa que se revela ao falar. Quem cultiva bons pensamentos de bondade, altruísmo, perseverança, fé e amor ao próximo poderá transformar a palavra em instrumento de ânimo, esperança e compreensão.

(Texto extraído do livro Presente Diário, Editora Luiz e Vida, Ed. 2013)



Que sua semana seja generosa.


3 comentários:

  1. É minha amiga, o segredo e as respostas estão em nós.
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. É minha amiga, o segredo e as respostas estão em nós.
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Que texto ótimo!
    Adorei e vou compartilhar... :-)

    Um beijo grande!

    http://palavraslino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.