O sentido das críticas





Tem gente que faz. E gente que critica.

Tem gente que não mede esforços para realizar. Em contrapartida, tem gente que se ocupa em encontrar os defeitos - atitude sempre mais fácil.

Todo o ser humano prefere o elogio à critica.

Contudo, diz Emmanuel para termos cuidados com “frases superficiais, no perigoso festim da lisonja”. Assim, serão sempre bem-vindas as palavras que mostram quão necessários ainda é preciso nos aperfeiçoar, ao invés daquelas que estão vazias de propósitos e bons sentimentos.



Trecho do livro "Salomão, o homem mais rico que já existiu", de Steven K. Scott, Ed. Sextante, 2008.

Ótimo início de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.