O que li por aí - 1




“Quando seguimos o padrão de comportamento do rebanho, apenas repetindo o que todo mundo faz, sem olhar para nós mesmos, criamos  o próprio sofrimento.

Já parou para pensar nisso? Pois é simples.

Mas o bom é que, quando nos conscientizamos desse “segredo” e entendemos que possuímos o poder de tecer uma vida de paz, alegria e amor, conseguimos, finalmente, nos tornar produtores, diretores e atores do filme maravilhoso da nossa vida.

[...] Devemos, no entanto, estar preparados para encontrar pedras, até enormes barreiras no caminho. Cada um delas representa um limite a ser transposto e vencido. Só assim, evoluímos como seres humanos.”


(Márcia de Luca, especialista em Yoga)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.