Premiação internacional - o nosso "Oscar"



Gente, hoje estou abrindo espaço para divulgar uma notícia pra lá de boa – a premiação internacional do trabalho da equipe do Centro de Documentação da Rede Globo de Televisão (Cedoc).

Eita turminha competente! É bom fazer parte dessa história.

Eis a íntegra da notícia.


"GloboNews e Cedoc ganham prêmio inédito

O programa "Serra Pelada", do Arquivo N da GloboNews, foi o escolhido entre concorrentes de todo o mundo e levou o prêmio Archive Achievement 2014, da Federação Internacional de Arquivos de Televisão (FIAT) . Esta é a primeira vez que um programa brasileiro é indicado e vence a premiação, considerado o "Oscar" dos arquivos.

A Federação Internacional de Arquivos de Televisão, Fundada em 1977, com mais de 250 membros, promove, todos os anos, uma cooperação entre arquivos de televisão, multimídia e arquivos audiovisuais de bibliotecas de todo o mundo.

A editora chefe do programa, Luciana Savaget e a editora Renata Lage, junto com Rita Marques, gerente do Cedoc, e os pesquisadores Ana Tapajós e Diego Motta, foram até Amsterdã, na Holanda, para receber o prêmio e participar da celebração que ocorreu na sexta-feira, 24/10.




O programa 'Arquivo N' – Serra Pelada, que levou ouro na categoria "Melhor Uso de Arquivo" resgatou imagens e histórias dos homens que nos anos 1980 viveram a corrida do ouro no sudoeste do Pará. Exibido em maio de 2013, "Serra Pelada" contou a história do formigueiro humano que passou a trabalhar no garimpo em péssimas condições. Além disso, o programa contribuiu para que esse capítulo da história do país voltasse à memória dos brasileiros.

Em entrevista à intranet 'Conexão', a editora chefe do programa contou que o trabalho foi desenvolvido em conjunto com todos da equipe de cinco funcionários, e que os arquivos usados no programa eram verdadeiras raridades, materiais brutos que às vezes nem iriam ao ar. O trabalho foi desenvolvido a partir de diversas mídias: filme, DVD, uma polegada, fitas quadruplex, uma verdadeira "miscelânea" de materiais.

A iniciativa de inscrever o projeto foi da gerente do Cedoc, Rita Marques, que segundo Luciana Savaget, sempre falou da importância do prêmio. Neste ano, a decisão de inscrever "Serra Pelada" ocorreu pela força das imagens.

A vitória do programa se deu a partir de muito trabalho em equipe entre o Cedoc e GloboNews. Luciana Savaget, editora chefe, Renata Lage, produtora e editora, Vladimir Ribeiro e Bruno Torres, editores de imagem, Ana Tapajós e Diego Motta, pesquisadores, são os responsáveis pela premiação e pelo sucesso do programa. Desejamos parabéns a todos os envolvidos!”






Parabéns para todos. 


Um comentário:

Obrigada pela visita.