Bolo Souza Leão










Promessa é dívida.

E hoje estou pagando a dívida a Dôra Moreti, carioca, leitora do Tudo e grande apreciadora da culinária pernambucana. Dôra, por email, me cobrou a receita do Bolo Souza Leão, considerado um Patrimônio Cultural e Imaterial de Pernambuco, pela Lei nº 357, de 22 de maio de 2008. Esta receita eu tenho anotada no meu caderninho há anos. 






A primeira notícia que se tem do Bolo Souza Leão foi em 1859, quando foi servido ao Imperador Dom Pedro II e sua esposa, Tereza Cristina, numa viagem que o casal fez a Pernambuco. O bolo foi oferecido pela tradicional família Souza Leão, proprietária de vários engenhos de açúcar, nos municípios de Moreno e Jaboatão. Isso justifica também a grande quantidade de açúcar usado no seu preparo.



















O bolo é feito com outros ingredientes típicos da Região Nordeste como a massa de mandioca e o coco. Vale ressaltar que a manteiga que as donas de casa usavam, na época do Império, era feita na cozinha dos engenhos. 

O Bolo Souza Leão tem preparo simples e rápido. Rápido também será a forma em que ele irá desaparecer de sua vista, de tão gostoso. Na minha casa sempre passa poucas horas. Delícia!


Anote os ingredientes:








Faça uma calda com:

½ kg de açúcar
1 xícara de água

120 gramas de margarina






Misture o açúcar com a água e leve ao fogo até ferver, mexendo sempre.


Depois acrescente a margarina. Deixe esfriar um pouco, mas não deixe que a calda engrosse muito.






Em outro recipiente, coloque a massa, as gemas e o leite de coco, misturando com uma colher de pau.













Acrescente a calda





Mexa até a massa ficar uniforme.




Unte a fôrma com margarina e polvilhe com açúcar.




Despeje a massa.




Leve ao forno quente, em banho-maria por 50 minutos.





A história do bolo afirma que era tradição servi-lo em pratos de porcelana ou cristal. Provavelmente, a exigência está ligada a aristocracia da família Souza Leão que batizou esta delícia.






Dôra, agora só não me peça para fazer um bolo de rolo. É super difícil kkk.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.