Chove chuva




Inverno.

Em Recife, inverninho.

Quando chove, São Pedro resolve concentrar tudo num dia só, ou numa semana. Alaga. O trânsito fica um caos. Pior do que sempre. Depois passam. Não os engarrafamentos, mas as águas. Nem dá tempo para tirarmos um casaquinho do guarda-roupa. Cadê o frio? 28 graus.

Inverno também é período de chegarmos molhados aos lugares.

E se não tivermos um guarda-chuva (ou sombrinha como chamamos no Nordeste) dentro da bolsa, temos que ter um dentro do carro para nos salvar dos indesejados pingos quando descemos dele.

Mas sombrinha molhada é uma dor de cabeça. Molha tudo. Onde colocá-la?

Infelizmente, no Nordeste não é comum usarmos o porta guarda-chuva. Talvez porque as chuvas sejam passageiras, e por vivermos quase num eterno verão. Mas, pelos lugares que já andei, cliquei alguns desses bem bonitos e que compõem a decoração.


















 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.