Administrando mágoas







Conceda uma nova oportunidade ao teu desafeto, facilitando-lhe 
a aproximação.

Mantém-te receptivo.

É possível que ele tenha mudado de opinião, reconhecido o erro, 
e esteja aguardando o ensejo.

Todos nos enganamos, e desejamos ocasião para nos reabilitarmos.

Se te encerras na mágoa e nada mais queres com ele, a tua é uma postura é igual ou mais censurável que a dele.

Não deixes que um capricho do amor-próprio ou do orgulho ferido te roube uma excelente chance de ser vencedor em ti mesmo.





Gente boa, com esta mensagem de Joanna de Ângelis, contida no livro “Vida Feliz”, editado em 2013,  desejo um excelente início de semana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.