Mulheres 24 horas







Amanhece.

Anoitece.

 Hora de dormir. 

Diz Augusto Cury, no seu livro “Dez leis para ser feliz: ferramentas para se apaixonar pela vida”, editado pela Sextante, 2003: “Todos têm uma criança alegre dentro de si, mas poucos a deixam viver...” . O autor se refere ao fato que, geralmente, cumprimos uma agenda diária cheia de compromissos, mas poucas pessoas se arriscam a quebrar essa rotina. E a rotina leva ao estresse. A consequência de tudo isso é que, cada vez mais pessoas acreditam, ser o dia curto para realizar tantas atividades e concretizarem o que planejou no dia anterior. Segundo o autor, levamos  para o travesseiro a frustração e insatisfação - sentimentos que geram ansiedade.

Como as mulheres conseguem dar conta de várias atividades ao mesmo tempo, diferentemente da maioria dos homens, perguntamos ao sexo feminino:

Se fosse possível, você gostaria que o dia tivesse mais horas? E o que você faria?

Eis a resposta de 09 mulheres.


“Claro que eu gostaria que o dia aumentasse. Só assim eu dormiria mais, estudava mais e ia para academia sem pressa. Trabalho 8 horas por dia, com intervalo de uma hora para o almoço. Eu perco muitas horas no trânsito e fica pouco tempo para cuidar da casa e de mim mesma. E olha que não tenho filhos ainda.”
(Danyelle Aguiar – policial militar)


“Eu faço tanta coisa durante o dia que 24 horas não dá conta. O tempo passa muito rápido para quem trabalha e, ainda é dona de casa. Queria ter mais horas para curtir o marido, cuidar de minhas unhas já que não encontro uma boa manicure, tampouco uma faxineira que atenda as minhas exigências.”  
(Valéria Melo – maquiadora)


“Com certeza. O dia deveria ter mais horas mesmo. Como sou evangélica, gostaria de me dedicar mais a minha igreja, pregar mais a palavra do Cristo. Também cuidaria de mim, porque eu quero estudar e fazer academia, mas não tenho tempo.”
(Josileda Conceição – recepcionista)


"O dia parece curto. Com certeza eu gostaria que ele tivesse mais horas, porque eu durmo com a sensação que não estudei o suficiente. Estou no 6º período de administração e gostaria de me dedicar mais."
(Ladjane Souza – estagiária)


"Eu não gostaria de alterar o tempo, mesmo se tivesse esse poder. Eu gostaria sim, de organizar melhor minhas atividades e realizar tudo nas 24 horas que tenho. Mas também preciso dormir 8 horas por noite para repor minhas energias, e seria ótimo se eu dormisse menos e ficasse satisfeita. Gostaria também de ter saúde para fazer tudo o que planejo. Mas, o corpo não acompanha a atividade mental. A mente que agir e o corpo limita os movimentos."
(Rusimar Vieira -Técnica em eletrônica)




“Às vezes eu durmo com a sensação que poderia ter feito mais. Isso causa ansiedade porque o corpo não relaxa e não descansa. Eu fico pensando naquilo que deixei de fazer, e naquilo que terei de fazer no dia seguinte. Não descanso. Se o dia tivesse mais horas, eu dedicaria mais ao lazer do que às obrigações - e aí está incluída uma atividade física.”
(Valéria Temporal – servidora pública)


 “O dia não pode ter mais horas, mas se pudesse eu iria dormir mais. Hoje, só durmo 6 horas por dia. É muito pouco. Estudaria mais, principalmente, para concurso, porque a vida é um eterno aprendizado e quando a gente acha que aprendeu, vêm mais coisas novas para dominar. É preciso tempo para leitura. Também me dedicaria mais a religião e, certamente, me tornaria mais positiva. O tempo é tão corrido que, às vezes, a gente não tem tempo sequer de agradecer a Deus por levantar e ver a luz do dia - que é uma dádiva.”
(Maria Luciana Cunha – estudante/pós-graduação, Direito)


 “Eu gostaria de ter mais horas disponíveis para dedicar à família, fazer uma atividade física, ir mais à igreja católica. Tenho dois filhos adolescentes e abro mão de muitas atividades que me dão prazer para poder educá-los.”
(Valéria Agra – servidora pública)


 “Eu não gostaria que o dia tivesse mais horas. Assim está bom, como Deus fez. Se o dia tivesse mais horas, as pessoas iriam trabalhar mais. Você iria trabalhar mais. Porque as pessoas iriam deixar tudo para fazer naquelas horas a mais, não fariam nada no tempo certo, como acontece hoje. Se Deus fez o dia com 24 horas é porque o corpo só aguenta essa quantidade. Até na bíblia diz que é preciso descansar.”
(Helena Ramos Duarte, minha mãe - 84 anos)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.