Sabidinho, esse hindu.




Bom dia pessoa linda! Para começarmos a semana, vou contar uma estória que alguns já ouviram falar, mas é bom relembrar .





Consta a lenda que foram os hindus que inventaram o jogo de xadrez com o propósito de consolar um rei que tinha perdido um filho numa batalha. O rei estava inconsolável e nada conseguia agradá-lo. Até que apareceu, certo dia, um hindu que apresentou ao rei o jogo de xadrez e disse: “Eu tenho um jogo que vai curar Vossa Majestade”. O hindu ensinou o rei a jogar. E chegou o momento da partida em que o rei precisava sacrificar a rainha. Naquele instante, o rei entendeu que, na vida real, para ganhar a batalha, naquele dia fatídico, ele teve que sacrificar o próprio filho.

Com a mensagem entendida, o rei agradeceu ao hindu e resolveu presenteá-lo. Disse-lhe: “Você pode pedir o que quiser que eu lhe darei”. O hindu respondeu que nada queria. Mas, o rei insistiu: “Pode pedir o que quiser que eu lhe darei”. O hindu pensou um pouco e disse: “O que eu quero é muito simples. Como Sua Alteza sabe, o tabuleiro de xadrez tem 64 casas. Eu gostaria de receber uma sementinha de trigo pela primeira casa, duas pela segunda, quatro pela terceira, oito pela quarta, dezesseis pela quinta e assim por diante, até completar as 64 casas”.

O rei ficou surpreso: “Mas é só isso que você quer”? O hindu respondeu que sim. 

O rei mandou chamar um matemático e pediu para calcular quantas sementinhas ele iria entregar ao hindu. O matemático calculou e disse ao rei: “Se fosse plantado só trigo na Europa, África e Ásia, por 100 anos, ainda assim não daria para usar todas as sementes que o hindu havia pedido”.

Moral da história: Devemos ter cuidado, muito mesmo, com o que oferecemos. Às vezes, na tentativa de querer ajudar uma pessoa, ou até mesmo agradecer por sua atitude em determinada situação, o nosso gesto poderá se tornar difícil. Ao julgarmos que todos estão envolvidos nos bons propósitos, poderemos estar enganados, porque sempre haverá pessoas que tentam levar vantagem da situação, sobretudo, se estivermos fragilizados. Pense nisso e não confie demasiadamente!


Bom início de semana. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.