Tudo voltará para você






Não sofra em ajudar os outros.

Ajudar desinteressadamente é atitude dos grandes de espírito. Os pequenos vivem a reclamar pagamentos e recompensas, na base do “eu lhe dou e você tem que me dar”. E isso, às vezes, dói, por força da ingratidão.

Considere-se com riqueza interior para distribuir benefícios e alegrias e mais dessa riqueza terá.

Quanto mais você dá de si, mais tem para dar, pois o amor, ao ser exercido cresce e produz a felicidade.

Essa é a lei de Deus.

A semente que se deixa consumir na terra volta multiplicada nos frutos.

Do livro “Sabedoria todo dia”, de Lourival Lopes.

Um ótimo início de semana.







2 comentários:

  1. Infelizmente o ato da ajuda nos faz entender quem de fato são nossos amigos. É triste saber que pessoas usam-nos em seu próprio benefício. Mas adorei a reflexão minha cara. Deus te abençoe sempre.

    ResponderExcluir
  2. Amigo Herbert, não estamos livres da ingratidão, infelizmente. Mas, o importante é o que temos para dar. Que não sejamos ingratos porque, acredito,lá na frente encontraremos sempre um mão amiga que irá nos auxiliar. Beijos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.