Não fique vermelha


Montagem sob foto.


Se você:

-  Usa desodorante sem cheiro;

-  Passa longe de alguns sabonetes que lhe causam irritação;

- Coloca em sua nécessaire produtos prescritos, geralmente, por dermatologistas;

-  Apresenta reação exagerada a determinados cosméticos;

-  Quando muda a situação climática, ocorre irritação e/ou ressecamento na cútis;

-  Pipoca a vermelhidão quando passa por uma situação superestressante;

-  Vez por outra tem coceira, ardor e sente-se a pele esticada...

Seja bem-vindo(a) ao time das pessoas de pele sensível, uma característica de 6% da população, segundo os especialistas. Independente do tipo de pele, se oleosa, mista, seca ou normal, quem tem pele sensível possui hipersensibilidade a muitos cosméticos e deve passar a raios de distância do sol. Outra característica deste problema genético é  que ele vem acompanhado de alergias, rinite e até asma.

E saiba que, para driblar o problema, tanto na face quanto no corpo será preciso mudar, adquirir e manter dez hábitos elementares:

1 Não saia de casa sem protetor solar. Também não use computador sem um fotoprotetor porque a radiação artificial vinda do monitor, lâmpadas e televisão agride a pele, principalmente, nas áreas mais expostas como rosto, pescoço e colo.

2 Evite banhos quentes que retiram a oleosidade natural da pele.

3 Adote o uso de sabonetes neutros, sem alcalinidade. Os sabonetes indicados para bebês se tornam essenciais para você.

4 Fuja da depilação com cera, e quando for usar a lâmina faça, imediatamente, uma hidratação profunda nas partes afetadas.

5 Limpeza de pele e peelings devem ficar bem longe do sonho de consumo. Exceto, se forem realizados por profissionais competentes, que tenham um mix de produtos específicos, com concentrações menores de substâncias, que não provocarão irritação.

6 Lave o rosto, no mínimo, três vezes ao dia. Mas, utilize sabonetes específicos e reponha, quantas vezes forem necessárias, o protetor solar.

7 Use produtos que possuam ativos calmantes na sua composição tais como camomila, glicerina, aveia, azuleno, alfabisabolol, potássio e magnésio.

8 Prefira cosméticos oil free, ou seja, livres de óleo porque eles favorecem a acne.

9 Hidrate todo o corpo sempre, de preferência com aqueles produtos que são intensivos em sua fórmula. Infelizmente, os hidratantes específicos para quem tem pele sensível possuem preço acima da média comum e não contém perfume, porque são livres de conservantes.

10 Visite um dermatologista, regularmente.
  
Se você tem pele sensível, não se desespere porque a indústria farmacêutica já tem uma vasta quantidade de produtos que previnem, aliviam e tratam os sintomas.  No entanto, lamento informar que de um problema você não irá escapar: saquear seu bolso, regularmente, entregando às farmácias valores considerados absurdos, sobretudo, se os produtos forem importados.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.