Cavalo velho sabe o caminho





















Havia na China dois reinos politicamente aliados: Qi e Yan.

Um dia, o reino de Yan foi invadido pela tribo Shanron do Norte. Sabendo da notícia, o rei de Qi reuniu todo o seu exército, já que era mais forte militarmente, e foi socorrer o reino aliado a fim de banir os inimigos. Inteirados de que um exército estava chegando, os invasores fugiram em direção ao Norte.

Os Qis foram, então, em perseguição dos Shanrons e terminaram por entrar em terras inimigas. Houve guerra e derramamento de sangue, mas os Qis conseguiram vencer depois de um ano de luta. Reunindo a tropa sobrevivente, o rei de Qi levantou acampamento e começou a regressar, mas desorientou-se ao atravessar um vale.

Era noite. O vento rugia. O frio era insuportável. A tropa estava com fome. O que fazer para que todos não morressem ali?

O rei decidiu, então, mandar alguns soldados à frente para reconhecer o caminho. Contudo eles voltaram desanimados porque não tinham encontrado uma saída. A situação, portanto, se agravava e o rei já estava perdendo a paciência e ficando preocupadíssimo, quando um de seus homens, mais experiente, disse-lhe: - Se os cães afastam-se de casa mas sempre voltam, é provável que os cavalos façam o mesmo.

O rei ficou pensativo e concordou. O homem experiente continuou: - Vamos escolher alguns cavalos mais velhos e deixemo-los à solta, pois eles nos levarão para fora deste vale indicando o caminho. Só assim conseguiremos voltar para o nosso reino.

O rei concordou e os cavalos foram soltos. Guiados pelos velhos cavalos, o exército de Qi conseguiu sair do vale e encontrar o caminho de casa.

Portanto, a sabedoria está em não desprezar o auxílio de pessoas mais velhas e/ou experientes, mesmo que a cabeça esteja com um turbilhão de novas ideias e conceitos.  Ignorância é desprezar o conhecimento de quem já somou etapas, aprendeu com os erros, transformou os dias em aprendizado e buscou melhorias. A sabedoria esta, também, na humildade de saber que nenhum de nós, por melhor que sejamos poderá desprezar a ajuda do outro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.