Não fique down




Edvard Munch, Melancolia (1895)


O tédio bateu em sua porta e você deu guarita? Agora está pensando como se livrar dele, abrir as portas para motivação, sacudir e jogar as cinzas para bem longe, sair da sombra?  Pense nestas ideias:

1 Escrever o que está sentindo e analisar seus escritos como se não fossem seus. Você pode chegar à conclusão que a tristeza é improdutiva, paralisa e mata. 

2 Informar-se. Vá para internet e leia as manchetes dos principais jornais do país. Em pouco minutos você estará em contato com várias tragédias pessoais, provavelmente, bem menores que a sua.

3 Ligar para os amigos. Antes de se lamentar, procure saber de suas novidades. Esqueça um pouco de si e pense no outro. Contudo, não se envergonhe de pedir ajuda.

4 Fazer pipocas, abrir um refrigerante e assistir um filme bem legal. Que tal uma comédia? Convide alguém para compartilhar e, de preferência, coma chocolates. Não quer? Vá ao teatro, ao parque, ao shopping...

5 Sair de cena. Viajar, aventurar-se. 
     
5 Mexer com plantinhas. Não tem? Chegou a hora de cultivá-las, um prazer barato e acessível.

6 Mudar seu espaço. Troque os móveis de lugar, porque eles influenciam o estado de espírito.




7 Repaginar-se. Doe objetos que você não quer mais e fica guardando, guardando... até abarrotar seus armários. Doar é um gesto desprendimento, desocupa e envolve o ambiente com bom astral, principalmente, se o que você guarda lhe leva a uma saudade sem fim.

8 Pedalar. Várias cidades do país já têm ciclovias, algumas móveis. Aproveite para colocar o corpo em forma, oxigenar o cérebro e fazer novas amizades. Você irá encontrar com quem rir.

9 Pintar o 7. Todo mundo tem habilidades, falta apenas descobrir. Quem sabe você não tem um artista/artesão dentro si. Descubra! Matricule-se em qualquer curso de pintura, fotografias, artesanato...

10 Oferecer ajuda. Ninguém é tão pobre que não possa ajudar, nem tão rico que dispense uma mãozinha. Já ouviu falar nisso?

Será que todas essas ideias são fáceis para quem está depressivo? Claro que não. Mas, se você ficar aí parado, nunca irá mudar o que lhe incomoda. 

                                    Bom início de semana. Beijos no coração.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.