As partes íntimas





Quem é mãe de menino e menina sabe que, logo quando eles nascem os cuidados na hora da higiene são bem diferenciados. A parte íntima da menina, cheia de dobrinhas, exige uma limpeza mais detalhada para não contrair doenças.

E muitas doenças que acometem a genitália feminina externa têm como causa a negligência com alguns cuidados tidos como básicos, em qualquer idade. Entre eles estão:

- Jamais, jamais mesmo, emprestar roupas íntimas como lingeries, maiôs, calcinhas e sutiãs.

- Não lavar as roupas íntimas junto com outras. Se você tiver o costume de lavar suas calcinhas quando toma banho, ou seja, no chuveiro, procure deixá-las estendidas no varal, secando ao sol. Caso alguma calcinha caia no chão, lave-a novamente. Se for possível, lave também suas peças íntimas usando sabão de coco.




- Evitar sentar em sanitários públicos. Se for necessário, existem descartáveis que você poderá adquirir nas farmácias e sempre mantê-los na bolsa.

- Descartar a primeira folha do papel higiênico, principalmente, em sanitários públicos.

- Sempre que usar o banheiro, fazer a higiene com o auxílio do chuveirinho. Mas, quando estiver em banheiro público, é aconselhável desprezar o primeiro jato de água do chuveirinho.

- Ir à praia, mas não ficar com biquíni ou maiô molhado por muito tempo para evitar o contato com a umidade. Procure sempre estar sequinha. Geralmente, a criança costuma ficar com roupa molhada por muito tempo porque vai brincar. Não deixe. Ela ficará vulnerável às doenças.

- Usar calcinhas de algodão. E observar se aparecerem reações alérgicas com outro tipo de produto têxtil, sobretudo, os sintéticos.

- Sempre deixar a parte genital seca e arejada. Evitar, o máximo, usar calças compridas apertadas, roupas sintéticas e jeans constantemente.




- Após a relação sexual, fazer a higiene habitual. É aconselhável o casal urinar antes de começar a relação sexual.

- Se você costuma usar sabonete íntimo, procurar aquele que tem pH alcalino porque auxilia na manutenção da flora vaginal.

- Lavar bem as mãos antes e depois de usar o banheiro.

- Não manusear o absorvente sem antes lavar as mãos.

Com esses cuidados, certamente, você diminuirá as chances de contrair muitas bactérias. Sabendo-se, entretanto, que outros fatores como estresse e má alimentação ajudam a baixar a imunidade e, consequentemente, deixa o organismo mais exposto às doenças.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.