O verdinho de ouro





Flavonoide apigenina.
Luteolina.
Você conhece essas palavras? Talvez não.







Mas, certamente, quando você utiliza a planta o seu cheiro invade a toda cozinha. Estamos falando do salsão ou aipo, uma planta que auxilia na prevenção do câncer, porque bloqueia a formação dos vasos sanguíneos que irão alimentar o tumor, principalmente, o de próstata. Ou seja, o salsão tem propriedades antioxidantes que combatem os radicais livres porque contém flavonoide, cuja as propriedades são anti-inflamatórias e auxiliam na absorção de nutrientes. Inclusive, o seu talo é uma preciosa fonte de vitamina C.

Além desses benefícios, o salsão é indicado para melhorar o estado de saúde de pessoas idosas que possuem déficit de memória porque, se consumida regularmente, reduz inflamação no cérebro, um problema muito característico de idosos.

Farto em vitamina K, C, A, B2, B6, potássio e fibras, o salsão tem ação diurética, reduz artrite, aumenta o apetite, equilibra o colesterol,  fortalece o sistema imunológico e trata a pele, unhas e cabelos.

Então, por que não incluí-lo no cardápio?

Contudo, os nutricionistas advertem que o ideal é consumi-lo cru para evitar a perda dos nutrientes, após o cozimento.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.