Cantei, cantei..



[...]
Cantei, cantei
Nem sei como eu cantava assim
Só sei que todo cabaré
Me aplaudiu de pé quando cheguei ao fim
[...]

http://gartic.uol.com.br/samuelsimo/desenho-jogo/1239747717

Hoje é o Dia Mundial da Voz. Se você não tem a voz de um Cauby Peixoto, nem da Marrom (Alcione) - que já disse em entrevista ser a única cantora brasileira que canta pela manhã, mas você costuma cantalorar no banheiro ou pigarrear quando fica cansado de falar, fique alerta: assim como os demais órgãos do corpo humano, sua garganta e laringe precisam de cuidados diários para que sua voz não seja prejudicada. Por exemplo, ao pigarrear você tensiona a laringe e irrita as pregas ou cordas vocais.

Que é gostoso rir todos nós sabemos, e chorar só se for de alegria. Mas, você sabia que ambos os gestos se forem descontrolados podem prejudicar a voz? Isso mesmo. Segundo os fonoaudiólogos, é necessário controlarmos a intensidade das emoções para evitarmos danificar as cordas vocais.  Então, se você costuma falar gritando, ou quase isso, comece a se preocupar porque com o tempo você poderá sofrer com muitas dores, resultado de problemas na musculatura quanto na articulação temporomandibular. Portanto, module seu tom de voz.

E sabe àquela hora em que você fica tão nervoso que a voz quase não sai? Procure eliminar suas tensões praticando exercícios físicos, ao menos três vezes por semana.  Mas, evite falar no momento em que estiver se exercitando porque a fonação será inadequada, resultado da alteração de sua respiração. Chegando em casa e se for beber água gelada, procure deixá-la um pouco na boca, evitando o choque térmico na laringe. Aliás, água é essencial para manter uma voz saudável. Dos dois litros recomendados por todos os médicos, inclua mais um se você trabalha em ambiente com ar condicionado para não deixar ressecada a mucosa da garganta.

Outras medidas devem ser adotadas para mantermos uma voz saudável, como comer regularmente uma maça por dia. A fruta é rica em água, tem função adstringente e limpa a cavidade oral. Ela também provoca o trabalho muscular da boca. De qualquer forma, uma alimentação rica em legumes, verduras e frutas, exceto às citrícas, é a recomendação dos fonoaudiólogos. A nossa garganta tem um muco que é responsável pela sua hidratação e o leite, como seus derivados, pode espessá-la.

http://liop.ufsc.br/inormacoes/cursos-superiores/fonoaudiologia/

Evite falar durante muito tempo. Se for necessário, faça intervalos e beba água. Aliás, nunca esqueça que a água é o líquido mais precioso que você dispõe. Depois do uso da voz, de forma prolongada, descanse as cordas vocais por uns 20 minutos, isso faz com que a mucosa se recupere. Nunca fique competindo com o som da TV, do aparelho de som ou qualquer outro ruído porque isso provoca esforço às pregas vocais. E, cá entre nós, é muito chato

Tossir é inevitável, principalmente, se você é alérgico. Mesmo evitando lugares com poeiras, mofo e pouca ventilação, a tosse em excesso é sinal que sua laringe não está saudável. Procure o médico para diagnósticar o problema e tratá-lo.

Respire. Você pode pensar que isso é óbvio. Mas, é preciso falar e fazer pausar para recuperar o fôlego, ou seja, não fale até o seu ar de reserva acabar porque isso causa danos às cordas vocais. Roupas apertadas também, na região do pescoço, torax e cintura, costumam restringir a expansão pulmonar durante a inspiracão, acelerando a expiração.

Por fim, saiba que se você é fumante, o cigarro é um dos grandes causadores de câncer na laringe. E a bebida alcóolica entorpece as pregas vocais e causa refluxogastroesofágico.

O Tudo na nécessaire parabeniza todos os fonoaudiólogos, especialmente minha norinha. Eles são os profissionais que cuidam de nossa voz.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.