Às vezes é difícil auxiliar








"Pense no bem.
E auxilie sempre. É a máxima do evangelho.
Mas, às vezes, o pessimismo alheio talvez interfira, tentando furtar-te a confiança.
Sim. É possível que a tua dádiva não seja utilizada tão nobremente quanto seria de desejar.
De vezes, o teu gesto espontâneo de cooperação  e bondade, provavelmente, não tenha sido interpretado na altura que lhe imprimiste.
Entretanto, auxiliando aos outros, perante as Leis de Deus, ninguém conseguirá alterar o benefício que fizeste a ti mesmo."

Emmanuel

(Psicografado por Chico Xavier)

Proporcionalmente, a vontade que tivermos de ajudar alguém, devemos ter consciência que nem sempre poderemos ser compreendidos.  O pessimismo e até mesmo as contingências  do problema que a pessoa está sofrendo poderá desvirtuar a nossa boa intenção. E existem momentos em que não só o silêncio, mas a prece em favor de outrem é o remédio mais recomendado. Que possamos usar o bom senso. Além disso, por maior tristeza que cause o sofrimento de uma pessoa muito querida, não podemos esquecer que cada um passa as provações que tem necessidade de superar. É difícil entendermos, mas devemos manter a nossa fé, na certeza que Deus está no leme.
                                                        Um início de semana de paz. 

 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.