Passe óleo








Você usa óleos corporais?
Não?
Pois devia usá-los, porque eles hidratam profundamente a pele, estimulam a produção de colágeno, atenuam cicatrizes e a maioria tem um aroma agradável, relaxante e afrodisíaco . Os benefícios desses óleos é tema de uma matéria da Revista Cláudia, desse mês de setembro. Confira como aplicá-los e o que eles podem fazer por você.
Abdômen, pernas e braços devem ser massageados com o óleo corporal logo após o banho, no corpo ainda molhado. Em seguida, tome uma rápida chuveirada e enxugue o corpo, delicadamente, com uma toalha de feltro macia Mas, não espalhe o óleo no tórax e costas porque ele pode favorecer o aparecimento de cravos e espinhas. Use diariamente.




Atenção para o rosto. Só use óleo se você tiver a pele seca. O rosto é a parte do corpo que, geralmente, tem uma oleosidade natural no nariz, testa e queijo. Mas, o dermatologista paulista Davi de Larcerda dá uma dica:  misture o óleo a uma pequena quantidade de creme hidratante e aplique apenas uma vez por dia.


E nos cabelos?

Os cabelos  merecem ser hidratados com óleos capilares, principalmente, se eles são tratados com química, como alisamentos e tinturas. Apesar de que, com a chegada do verão,  o banho de mar e o sol, que são agressões externas aos fios, acabam exigindo que você faça uma hidratação regular ou semanal. Segundo a dermatologista Carla Vidal, o uso do óleo capilar garante a resistência e a elasticidade dos cabelos, evitando que eles se tornem quebradiços. Entretanto, cuidado ao aplicá-lo. Deve-se passar o produto um pouco distante do couro cabeludo para evitar que o rosto fique também oleoso. Uma dica é usar o óleo que já vem acrescido de silicone porque é mais seco. 


Fonte de consulta: Revista Cláudia, a. 51, n. 9, set.2002.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.