Responda!








Fico sempre impressionada ao perceber que algumas pessoas têm com as outras uma relação pessoal ou profissional de puro interesse. A cordialidade é conveniente, a presteza nas informações também. Parece que as pessoas andam se esquecendo que um dia a casa cai e aos interesseiros e usuais cultivadores de relações utilitárias nada restará. As regras para respostas de e-mails mudaram com o volume de mensagens que recebemos diariamente, mas segue sendo educado e obrigatório responder às mensagens eletrônicas.

Dia desses uma pessoa deixou recado na secretária eletrônica de meu escritório e me acionou desesperada e insistentemente ao celular. Havia me enviado um email pela manhã e às 11h30 já queria a resposta. No outro extremo estão aqueles que jamais lhe dão resposta, exceto quando lhes interessa. 

Outro dia, concentrei minhas atividades durante uma manhã, a fim de poder atender a um profissional. No horário marcado, ele não deu as caras. Se precisar de mim novamente, não vou atendê-lo. O que terá levado esse rapaz a achar que seu tempo vale mais do que o meu?

Se alguém lhe telefona, dê retorno. Mesmo que para dar uma resposta negativa. É sempre melhor que nenhuma resposta. Jamais subestime a sensibilidade das pessoas. Sim, você pode, e até deve tentar se aproximar de todos, caso sua intenção seja aprender com a proximidade. Mas não seja interesseiro. Eles desconfiarão de suas reais intenções.

O alerta também vale para suas relações com seus pares ou seu time na empresa. As pessoas sabem quando você as elogia genuinamente e quando está agradando com terceiras intenções.


http://infodunes.com.br/webmailprofissionalcoorperativoexecultivovendaembhinfodunes.html


Não faz muito tempo ouvi de uma noiva a seguinte observação: em minha lista de convidados estão pessoas que podem nos dar bons presentes. Minha boca se abriu, levou um tempo para se fechar e, desde então, não sou escoteira, mas estou sempre alerta em minhas interações com essa pessoa.

Negociar com alguém assim? Nem pensar. Se em pequenas coisas ela demonstra o espírito de puro interesse, imagine como deve ser nas coisas mais sérias.

Ética, integridade e consideração com os outros seguem sendo atributos essenciais e imprescindíveis em relações elegantes. São eles que nos impulsionam para a frente e ajudam a construir relações saudáveis e prazerosas para todos os envolvidos.

Texto de Célia Leitão, Consultora Corporativa.
Publicado na Você S/A, ediçõa 169 – julho 2012.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.