Dívidas?




 Você tem o perfil gastador(a)?   

Se ainda não sabe definir, faça já o teste e avalie como você está se relacionando com suas finanças, com seu suado dinheirinho. O teste foi desenvolvido pelos consultores Gustavo Cerbasi e Rubens Gurevich, da empresa Your Life. Seja sincero nas respostas.

1. Se você perdesse o emprego agora, durante quanto tempo sua poupança lhe sustentaria?
a)    Menos de 3 meses
b)    De 3 meses a 1 ano
c)    Mais de 1 ano.

2. Qual das seguintes alternativas define melhor sua situação financeira?
a)    Você possui algumas dívidas das quais não consegue se livrar, ou raramente tem alguma sobra no fim do mês.
b)    Seu salário, praticamente, empata com seus compromissos. As eventuais sobras são poupadas ou usadas, por exemplo, para trocar de carro.
c)    Você gasta menos do que ganha e consegue investir com certa regularidade.

3. Como você faz a compra de um bem de alto valor, como um carro ou uma casa?
a)    Troca de carro quando precisa de dinheiro: vende o seu à vista e compra um novo por meio de financiamento.
b)    Geralmente, paga o máximo que pode na entrada e financia o restante.
c)    Se tem poupança suficiente, faz a compra à vista. Caso contrário, prefere esperar.

4. Você tem cheque especial? Como costuma utilizá-lo?
a)    Com frequência.
b)    Raramente.
c)    Nunca utiliza.

5. Qual das alternativas abaixo define o uso do cartão de crédito para você?
a)    É uma solução para a falta de dinheiro no fim do mês.
b)    Leva à perda de controle sobre os gastos e o seu uso deve ser evitado.
c)    Quando usado corretamente, o cartão facilita o planejamento financeiro.


6. Quais são seus planos de aposentadoria?
a)    Você acredita ser cedo para pensar sobre o assunto.
b)    Pretende viver da aposentadoria paga pelo governo e contar, eventualmente, com a ajuda dos filhos. Se necessário, pode até se desfazer de alguns bens.
c)    Tem um plano de previdência privada ou faz um plano próprio de investimentos.

7. Qual o seu comportamento em relação as compras em geral?
a)    Quando precisa de alguma coisa, compra na primeira loja que encontra.
b)    Costuma fazer suas compras sempre nos mesmos estabelecimentos.
c)    Pesquisa preços, seja por meio de anúncios ou de visitas em lojas.

8. Você tem alguma fonte de renda, além de seu emprego?
a)    Não.
b)    Eventualmente, obtém lucros por meio de trabalhos temporários ou de outros negócios.
c)    Tem mais de uma fonte de renda.

9. Como você costuma controlar os seus gastos?
a)    Gasta enquanto o saldo no banco permite.
b)    Sua disciplina restringe-se ao controle das dívidas.
c)    Tem uma planilha, mensal, dos gastos, sendo revisada constantemente.

10. Com relação a(os) seu(s) dependente(s):
a)    Eles seriam seriamente afetados na sua ausência.
b)    Previne-se com seguros e reservas financeiras, mas acha que essas alternativas são insuficientes para assegurar o bem-estar de sua família em caso de morte ou invalidez.
c)    Não possui dependentes ou, se os possui, provê proteção suficiente para assegurar o bem-estar deles.

11. Quem lhe orienta sobre as alternativas de investimentos?
a)    O gerente do banco.
b)    Procura seguir os conselhos de amigos e parentes.
c)    Consulta seções especializadas em jornais, revistas ou internet, ou contrata especialistas.

12. Com relação à rentabilidade de investimentos em fundos, ações, imóveis e bens para revenda, você:
a)    Não tem investimentos.
b)    Obtém rentabilidade líquida muito próxima ao da caderneta de poupança.
c)    Está seguro de que tem rentabilidade acima da média.

Atribua a pontuação às respostas.

A = 0 (zero)                  B = 1(um)               C = 2(dois)


http://jornalocal.com.br/site/destaques/plano-real-completa-18-anos-de-implementacao/
Se sua pontuação foi de 0 a 8 pontos:

CUIDADO! Você está com sérias dificuldades no trato com o dinheiro. Gastar mais do que ganha ou comprometer sua renda com juros, e não com investimentos, significa dar um passo atrás na construção de seu bem estar material. Uma planilha, onde você possa anotar as despesas, irá ajudá-lo a controlar o quanto se gasta ou para onde está indo o seu dinheiro.

Entre 9 e 17 pontos:

ATENÇÃO! Você mantém as suas contas em equilíbrio, mas pode perder o fôlego no futuro. Os ganhos de hoje devem ser suficientes não só para mantê-lo durante todo o mês, como também ao longo da vida, especialmente, após a aposentadoria. Poupe um pouco, ao menos uma parte de seus ganhos mensais, regularmente.

E entre 18 e 24 pontos:

MUITO BEM! PARABÉNS!  Você tem ótimo relacionamento com o dinheiro, mas alguns pontos ainda podem ser melhorados. Apesar de estar satisfeito com seguros e investimentos, não deixe de se informar sobre alternativas. Isso evitará que você tenha recursos mal alocados e pouco rentáveis.



Um comentário:

  1. Olá passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro com excelente conteúdo gostaria de parabenizar pelo seu trabalho e desejar muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e de seus familiares
    Um grande abraço e tudo de bom

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.