Uma mala





Será que existe alguém que não gosta de viajar, conhecer outros lugares, pessoas e provar novos sabores? Penso que não. Mas, acredito que deve haver muitas pessoas que não gostam mesmo é de arrumar a mala ou... as malas. É muito chato mesmo, principalmente, quando você está indo para um lugar pela primeira vez e termina levando mais coisas do que o necessário. Mas, o pior ainda é desarrumar as malas. Putz! A dica é você reservar uma hora (cronometrada) para fazer isso e no dia de sua chegada. Só assim você vai poder curtir suas fotos, filmagens e as bugigangas que trouxe da viagem.

Mas, vamos lá...  O ideal para arrumar uma mala é fazer uma listinha, com antecedência, para não se esquecer de nada.
  
Como estamos em julho, mês de férias para muita gente, o Tudo na Nécessaire dá algumas dicas.  Mas, primeiro pesquise qual a temperatura média da cidade de destino para só assim poder montar seu guarda-roupa com rodinhas.
Depois, divida sua listinha como se fosse um corpo humano, portanto, em cabeça, tronco e membros. Para a cabeça você vai precisar de uma nécessaire contendo:
Material de higiene pessoal, como escova de dente, creme e fio dental, xampu, condicionador, cremes para cabelos, maquiagem, pente, secador (caso use) entre outros que você tenha necessidade. Existem kits para viagem que permitem você levar um pouco de tudo, sem ter que transportar a embalagem original. Sendo comum para todo o corpo, coloque o perfume, sabonete e desodorante. Não economize na nécessaire. Ela é essencial.


Mas, é mesmo para o tronco que você gastará mais tempo para arrumar:
Além das roupas íntimas, separe uma roupa para cada dia e acrescente aquelas peças curingas que podem ser usadas em várias combinações. Escolha um look para a noite, pensando também no calçado que irá usar. Um pretinho básico cai muito bem. Dependendo do clima do local, apenas um casaco de frio irá resolver o seu problema. Prefira também tecidos que não amassem, mais comum nos dias de hoje. Não se esqueça de uma roupa de banho, como um maiô ou biquíni. Mesmo que a cidade não seja litorânea, você pode ter vontade de cair na piscina do hotel no final do dia. 
Para os membros, comece pensando nos calçados. Mesmo que você ame sapatos e bolsas não poderá levar todos. Eles ocupam muito espaço na mala. Se for possível, leve os sapatos que possa usá-los em momentos diferenciados e que sejam super confortáveis. Nada de estrear os novos, se sua viagem for de aventura, afinal como diz o ditado popular, “seguro morreu de velho”. Inclua as meias, dependendo do seu tênis e luvas (se for sentir frio). Faça um estojinho básico para cuidar de suas unhas como um alicate, uma tesourinha e lixa, lembrando que objetos pontiagudos não devem ser guardados na bagagem de mão, por recomendação da Agência Nacional de Aviação Civil –ANAC.

 
Você já pensou nos acessórios? Leve umas bijuterias, cintos, echarpes etc. Fique bem à vontade porque eles não ocupam muito espaço na bagagem.
Separe todos os documentos, cartões e as passagens. Guarde-os num local único. Tenha em mãos o endereço do hotel ou local em que ficará hospedado e alguns telefones úteis. Tome conhecimento de serviço de saúde da cidade e quais os hospitais conveniados ao seu plano. Para viagens internacionais faça um seguro saúde.  Espera-se que você não use. Já cheguei numa cidade que tive de procurar, imediatamente, um hospital porque meu filho estava com uma crise de asma. Mas, no fim a viagem foi maravilhosa.
 
E, por último, coloque na sua bagagem de mão uma muda completa de roupa, a fim de driblar algum imprevisto como a perda, temporária, da mala.
Agora, faça seu roteiro e decole. Boa viagem!

Um comentário:

  1. Eu divido minha listinha da seguinte forma: SAÚDE, HIGIENE, ROUPAS/ACESSÓRIOS E LAZER. Em lazer incluo máquina fotográfica, livros, etc. E aí vamos nós... rsrs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.