Triste sentimento



Conta-se que um monge eremita viajava através das aldeias, ensinando o bem.
Chegando a noite e estando nas montanhas, sentiu muito frio. Buscou então um lugar para se abrigar. Um discípulo jovem ofereceu-lhe a própria caverna. Cedeu-lhe também a cama pobre, onde uma pele de animal estava estendida.
O monge aceitou e repousou.
No dia seguinte, quando o sol estava radiante e ele deveria prosseguir a sua peregrinação, desejou agradecer ao jovem pela hospitalidade.
Então, apontou o seu indicador para uma pequena pedra que estava próxima e ela se transformou em uma pepita de ouro.


Sem palavras, o velho procurou fazer com que o rapaz entendesse que aquela era a sua doação, um agradecimento pela hospitalidade. Contudo, o rapaz se manteve triste.
O religioso pensou um pouco. Depois, num gesto inesperado, apontou para uma enorme montanha e a transformou inteiramente em ouro.
O mensageiro, novamente, num gesto significativo fez o rapaz entender que ele estava lhe dando aquela montanha de ouro por gratidão.
No entanto, o jovem continuava triste. O velho não pôde se conter e perguntou-lhe:
- Meu filho, afinal, o que você quer de mim? Estou lhe dando uma montanha inteira de ouro...
O rapaz apressadamente respondeu:  - Eu quero o vosso dedo.
“A inveja é um sentimento destruidor e que nos impede de crescer.”

Autor desconhecido
 Boa semana para todos. 

E nesta semana bem cor de rosa, quando comemoramos o Dia Internacional da Mulher - 8 de março, o Tudo na nécessaire preparou umas postagens bem femininas. Acompanhe a semana. Beijos no coração.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.