Com - fraternidades




Chega o final de ano e com ele as festas de confraternizações que, raramente, confraternizam no sentido exato da palavra. Encontrar, reunir, estar junto no mesmo local passa bem longe do termo confraternizar.

Segundo o Dicionário Escolar da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Letras - ABL, a palavra se refere a “viver fraternalmente partilhando os mesmos sentimentos, crenças, ideias de outrem”. E, estar envolto num clima de fraternidade, a ABL define como “convivência harmoniosa e afetiva entre as pessoas, irmandade”. Mas o que, na maioria das vezes, não ocorre nessas ocasiões é a afetividade, já que algumas vezes só nos preparativos que antecedem a “confraternização” podemos constatar que partilhar não é uma atitude tão fácil, principalmente, quando envolve gostos e opiniões, ou então em cedermos um pouco de nossas preferências pessoais.

Na verdade, as confraternizações soam mais como reuniões sociais agendadas para o mês de dezembro e que não podem ultrapassar o dia 30, caso contrário perderão sua tradicional denominação. E as trocas de presentes sejam como amigo oculto, secreto ou qualquer outra expressão não passam de uma questão econômica já que, cá entre nós, é bem mais compensador presentear uma pessoa do que demonstrar nossos sentimentos para poucos.

Mas até essa troca, aparentemente tão simples, às vezes ainda causa transtornos, porque existem pessoas que esperam receber na mesma proporção (ou superior) ao que deram ao "amigo", quando não, aguardam serem surpreendidas com presentes que foram objetos de seus desejos durante o ano. Como quase sempre isso não acontece, a troca de presentes termina passando bem longe do sentido lúdico dessas reuniões, das brincadeiras e diversão. E alguns "amigos", não mais ocultos, acabam contrariados ou aborrecidos.

Com o passar das horas ou até mesmo dias, pode ser que alguns de nós se questionem se a “com fraternidade” atingiu sua finalidade. Será?

Mas, se dentro do corre-corre que se instala nessa época, tivermos um tempinho (nem que seja por alguns segundos) de lembrarmos para que serve o Natal, esta data simbólica que representa o nascimento do Cristo, iremos até às terras palestinas e encontraremos três reis sem coroas, mas com a sabedoria dos magos, curvados diante de um menino deitado sobre palhas, cercado pela mãe natureza e expondo uma aura tão sublime que a terra jamais poderia conceber.

Este menino trazia a simplicidade no coração, o amor nos gestos, a luz no olhar, a fronte de um soberano. Não um soberano guerreiro e conquistador de riquezas, mas de sentimentos. Um cavaleiro da esperança. Jesus, esse eterno menino do Natal, jamais iria deixar de entender, mesmo com a compreensão de uma criança, que nós seres humanos que nos denominamos cristãos ou seus seguidores, conseguimos lembrar de sua mensagem com bem mais facilidade naqueles dias em que percorremos os corredores dos hospitais, que estamos na sala de espera dos consultórios médicos aguardando diagnósticos, no fim de um relacionamento, nas despedidas, nas saudades, nas angústias, na solidão, na dor.

O menino sempre entenderá que serão nesses momentos singulares, quando as lágrimas teimarão em rolar pelas nossas faces, que a sua mensagem estará cada vez mais viva. Acreditamos ser, nessa fração do tempo, que gostaríamos de estarmos presenciando a simplicidade de uma manjedoura e sentir, em todas as fibras do nosso eu angelical e não pecador, o espírito do Natal, do renascimento, da renovação, da fraternidade e do amor.



Um excelente final de semana para todos. 

Um comentário:

  1. É Jô, como é difícil para muitas pessoas o simples fato de olhar sem esperar nada em troca... O perguntar "como estar você?","como foi o seu dia?" sem que tenhamos a resposta em forma de pergunta, do tipo: "Eu estou bem, por que? pareço doente?" ou "foi bom..." ou "foi péssimo!" Nos esquecemos que a própria palavra CONFRATERNIZAR, significa também "ESTAR COM", estar com o outro, conosco, com Deus.
    Bjs, Bom final de semana e até amanhã...
    Sandra

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.