Estampados



Hoje o assunto é para as Luluzinhas, Patricinhas, Mariazinhas...

A Revista Manequim deste mês, edição 630, traz a volta dos tecidos estampados, principalmente para os vestidos. Eles tinham saído de moda rsrsrsr? Eu nem percebi.

Existem pessoas que amam vestidos, mas inventam mil e uma desculpas para não usá-los: tenho as pernas finas, não estou bronzeada, já passei da idade, não me deixa à vontade, estou fora do peso e tantas razões que a própria razão desconhece. 



Mude! Permita-se! Ouse! Vestidos reúnem feminilidade com praticidade.

Veja as fotos. A Revista sugere o estampado tanto nos vestidos, como em blusas e macacões. Também aconselha escolhermos cores e tamanhos diferentes que afinam e alongam a silhueta.







Estampas geométricas não ampliam as medidas. Se tiverem fundo escuro dão a sensação de que as linhas são finas.




A combinação do blazer e sandália, do macacão com a bolsa rompe a ideia que precisamos misturar muitas cores para estar na moda. Este modelo de cintura baixa permite disfarçar  o corpo reto e criar curvas, além de alongar a silhueta.





A mistura de flores e listras da saia longa pede uma peça lisa na parte de cima para que o look não fique exagerado. Use acessórios.




Aproveite para usar cintos e acessórios.




Estampas claras são ideiais para eventos diurnos. Use nas festas de confraternizações, em almoços nos restaurantes. O modelo frente única afina o tronco e os ombros. O modelo abaixo também pode ser usado para encontros informais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.