Ração para os soldados

Você sabia que o leite condensado já foi ração para os soldados numa Guerra Civil Americana? Sortudos, não!?


 Pois é, meninas e meninos! Essa delícia, que cai bem em qualquer sobremesa ou sozinha, se popularizou entre 1861 a 1865 devido ao seu valor calórico e a facilidade de transporte. Uma latinha de 395 gramas contém 1.300 calorias, 80 gramas de proteínas e gordura e mais de 200 gramas de carboidratos. Putz! Fala sério! A gente engorda só em pensar

O culpado dessa deliciosa tentação foi o empresário americano Gail Borden Jr. que, em 1823, observou que o leite produzido na sua fazenda se estragava quando era transportado para a cidade. Com a intenção de aumentar a vida útil do leite e diminuir o volume, Borden cozinhou o leite para desidratá-lo até transformá-lo em pó. Com a evaporação, e antes de se torna em pó, o leite foi ficando viscoso, estava criado o leite condensado. Ai, que delícia! Sua invenção foi patenteada em 1856. Mais de 10 anos depois, em 1867, houve o surgimento da primeira indústria criada para a produção comercial do leite condensado.

Essas informações estão nas páginas da Revista Super Interessante, de julho deste ano,  no site da Néstle e eu quis trazer para o Tudo na nécessaire. 

 
Agora, você já pensou em fazer um pudim sem leite condensado? Não? Então, anote uma receitinha de um pudim simples.

Ingredientes:

2 xícaras de açúcar
2 xícaras de leite de vaca
3 colheres (sopa) de trigo
1 colher (sopa) de margarina
1 pacote de queijo ralado parmesão – 50 gramas
3 ovos

Modo de fazer

Bate tudo no liquidificador. Despeje numa fôrma caramelada e asse em banho-maria, no forno, por 40 minutos. Desenformar depois de uns 10 minutos que retirou do forno.

Para o caramelo você usa: apenas 1 ½ xícara de açúcar e derrete no fogo. Depois de derretido, espalhe pela fôrma.

Já fiz esta receita algumas vezes e ficou ótima. Não tenho as fotos porque não fiz recentemente.

Hummmmmmmmmmmmmmm delícia!



-

Um comentário:

  1. Isso foi um golpe baixo no leite condensado: vc contou a história dele e depois nos dar uma receita sem o delicioso, maravilhoso, calórico leitinho. kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.