Gotas de óleo



Num quarto modesto, o doente grave pedia silêncio. Mas a velha porta rangia nas dobradiças cada vez que alguém a abria ou fechava. O momento solicitava quietude, mas não era oportuno para a reparação adequada.

Com a passagem do médico a porta rangia, nas idas e vindas do enfermeiro, no trânsito dos familiares e amigos, eis a porta a chiar, estridente.  Aquela circunstância trazia ao enfermeiro e a todos que lhe prestavam assistência e carinho, uma verdadeira guerra de nervos.

Contudo, depois de várias horas de incômodo, chegou um vizinho e colocou algumas gotas de óleo lubrificante na antiga dobradiça. A porta silenciou, tranqüila e obediente.

A lição é singela, mas muito expressiva. 


brigas-dos-pais-afetam-os-relacionamentos-dos-filhos-ate-a-vida-adulta.htm

Em muitas ocasiões, há tumulto dentro de nossos lares, no ambiente de trabalho, numa reunião qualquer. São as dobradiças das relações fazendo barulho inconveniente. São os problemas complexos, os conflitos, as inquietações e abalos. Entretanto, na maioria dos casos, podemos apresentar a cooperação definitiva para a extinção das discórdias.

Basta que tenhamos um recurso infalível:

  • Algumas gotas de compreensão e a situação muda.
  • Gotas de perdão e a acabam-se os chiados das discurssões calorosa.
  • Gotas de paciência usadas, no momento oportuno, podem evitar grandes dissabores.
  • Gotas de carinho têm capacidade de penetrarem nas barreiras mais sólidas e produzirem efeitos duradouros e salutares.
  • Gostas de solidariedade e fraternidade podem conter uma guerra de muitos anos.
  • São com as gotas de amor que as mães dedicadas abrem as portas mais emperradas do coração dos filhos.
  • São as gotas de puro afeto que penetram e dulcificam as almas ressecadas dos casais, ajudando-os na manutenção da convivência duradoura.
  • Nas relações de amizade, por vezes algumas gotas de afeição são suficientes para lubrificar as dobradiças e evitar ruídos estridentes da discórdia e da intolerância.

Dessa forma, quando você perceber que as dobradiças das relações estão fazendo um barulho inconveniente, não espere que o vizinho venha solucionar o problema. Lembre-se que você poderá silenciar qualquer discórdia lançando mão do óleo lubrificante do amor, útil em quaisquer circunstâncias e sem contra-indicação.

Não são necessárias grandes virtudes para lograr êxito nessa empreitada. Basta agir com sabedoria e bom senso. Às vezes, são necessárias apenas algumas GOTAS DE SILÊNCIO para conter o ruído desagradável de uma discussão infeliz.


E se você é daqueles que pensa que os pequenos gestos nada significam, lembre-se de que as grandes montanhas são construídas de pequenos grãos de areia.

Durante a semana recebo várias mensagens com grandes ensinamentos, tornando cada vez mais difícil escolher qual será a próxima a ser publicada na segunda-feira. Agradeço a todos, de coração e continuem enviando-me. Irei publicá-las.

A mensagem de hoje foi enviada pela amiga Maria das Graças e deixa uma reflexão:

Qual é a gota que temos mais dificuldade de usá-la?

Pra mim, é a paciência. E a sua?

Beijo grande e um bom início de semana. Lembrando um ensinamento de Emmanuel, mentor espiritual de Chico Xavier, que diz se tentamos praticar uma virtude, diariamente, aos poucos essa atitude se tornará uma rotina.

Um comentário:

  1. Difícil de escolher quais as gotas que mais devemos usar.
    Que Deus possa nos iluminar para usar os fluidos certos em cada ocasião.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.