Como guardar roupas de inverno

Chegou o sol, ao menos no Nordeste. É chegada a hora de guardar as roupas usadas no inverno. Algumas pessoas, por problemas de espaço físico ou até mesmo para variar, doam as roupas. Outras guardam e ainda se utilizam de promoções e liquidações do final de temporada para ampliar ainda mais seu guarda-roupa.



 Por onde começar????

Primeiro lugar, você deve lavá-las, cuidadosamente. Segundo Tessália Cheng, da Lavanderia Cheng, em Recife, os casacos de lã, camuça e couro devem ser enviados para lavanderia para lavagem a seco. Caso contrário, elas podem deformar. Mas, outros tecidos podem ser lavados, cuidadosamente, em casa, se preferir.

Para tanto, existem alguns cuidados:

  1. Use sabão líquido. São mais caros, mas agridem menos por diluir mais rápido. Dilua antes usá-lo na lavagem.
  2. Use amaciante. Mas, obedeça as instruções do produto.
  3. Esfregue, principalmente, as golas e axilas para evitar que fiquem manchados por causa do desodorante e suor.
  4. Roupas escuras lavem-as separadamente. Existem tecidos que por si só desbotam. Caso isso aconteça, faça uma tentativa de restaurar a cor usando para o último enxague – vinagre e sal, proporcionalmente.
  5. Não se esquecer de centrifugar bem. O excesso de água é prejudicial ao tecido porque quando escorre pode manchá-lo. Além disso, a roupa ficará com mau cheiro. No entanto, esta regra não serve para roupas aveludadas. Elas não devem ser torcidas e secar-se à sombra. Cuidado ao passar o ferro, o veludo é um tecido que merece cuidado e todo o tratamento deve ser feito com a roupa pelo avesso.
  6. Observe a etiqueta da roupa. Ela trará informações importantes sobre a lavagem mais adequada para aquele tecido.
  7. Roupas de linha
  8. Por serem volumosos, os edredons podem ser lavados na lavanderia. O melhor é que eles já vêm ensacados.
  9. Não guarde roupas úmidas.



Como guardá-las ???

O ideal é usar saquinhos de TNT (tecido não tecido). Uma dica da autora deste blog é usar saquinhos de cores variadas para classificar suas roupas. Por exemplo, você pode utilizar o azul para calças, amarelo para blusas e assim por diante. Como o TNT não tem custo elevado, é barato, você pode comprar a metragem e confeccionar os saquinhos.  Uma costureira pode, perfeitamente, fazer os saquinhos colocando na borda um cordão para fechá-lo, cujo nome é “rabo de rato”, ou botão. Use a criatividade.

Esses saquinhos permitem que as roupas tenham ventilação e iluminação adequadas. Antes, dobre-as com cuidado para preservá-las, evitando marcá-las desnecessariamente. Incluem-se roupas de lã, linha, malha e moletons.
Roupas brancas devem ser guardadas em sacos plásticos azuis porque evitam que a luminosidade incida sobre elas, amarelando-as.

Em cabides devem ser penduradas as roupas em couro, camuça e casacões. Outra dica é comprar cabides em lojas específicas que vendem material para os lojistas montarem vitrines. Nelas, o preço cobrado por 10 cabides é considerávelmente inferior aos dos grandes magazines.

E não esqueça: Mesmo no verão, os guarda-roupas devem ser abertos ao menos uma vez por semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.