Jamais perderá a majestade






16 de agosto de 1977. Anoiteceu e o Jornal Nacional anunciou a morte do cantor Elvis Presley. Lembro-me que estava entrando na adolescência e corri para uma rua, próxima à minha casa, para contar o fato, num fôlego só, à minha madrinha. Parecia que tinham “tirado” uma pessoa do meu convívio. Anos mais tarde, eu pude sentir que a dor da perda de um ídolo, como muitos jovens acreditam, não passa nem de longe daquela que sentimos quando um dos nossos se vai...


Com o Sr. Presley eu estava acostumada às tardes, quando a Globo nos presenteava com os filmes em suas sessões vespertinas. Era uma delícia! Os filmes mostravam o ídolo com aquele jeito conquistador, moleque, meio inocente e de bom moço. As mocinhas dos filmes se apaixonavam, obviamente, como as fãs do lado de cá. Elvis era belíssimo e sensual, seu sorriso ainda hoje é inesquecível. Ele tinha o timbre de voz dos negros americanos e concluo que todas as fãs, inclusive eu, pensaram como foi que Priscilla conseguiu fisgar o ídolo.



Mas, de acordo com Cazuza “meus heróis morreram de overdose” e Elvis se foi, provavelmente, com drogas menos devastadoras do que aquelas que vitimaram Amy Winehouse, recentemente e da qual eu não era fã. Segundo a mídia e há controvérsias, Elvis era hipocondríaco, viciado em medicamentos e teria sido traído pelo seu coração. Encontrado morto, na tarde do dia 16, o cantor não só encerrava a carreira, como começava a fase do mito. Recorde em vendas de discos, mesmo após a sua morte, a voz de Elvis não se perderá no tempo porque os fãs irão eternizá-la, como deve ter sido a intenção de um dos produtores musicais da novela Insensato Coração, incluindo “Suspicious minds” como tema da personagem Leila.


Hoje, o Tudo na nécessaire não poderia deixar de reproduzir esse clip encontrado no youtube. Aproveite!






3 comentários:

  1. Que saudade! Mesmo desencarnado, ele continua conquistando novas fãs.

    ResponderExcluir
  2. Foi uma perda irreparável! Tanto q existem mts outros grandes nomes da música,mas nenhum tão completo c/um charme único q Elvis tinha.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.