O nosso Dia, AMIGO

 
No aniversário de uma amiguinha de minha filha, o pai da jovem disse que as amizades mais duradouras são aquelas que fazemos até estarmos no Ensino Médio, ou seja, no período de adolescência porque é nessa fase que este relacionamento não está pautado nos interesses individuais, mas sim, no coletivo, no lazer, na diversão, nas brincadeiras e nos estudos. Permanecem unidos apenas aqueles que, realmente, gostam um do outro e de suas particularidades, não por conveniência social ou financeira.

Concordo com ele, em parte. Em outras fases de nossas vidas, continuaremos conquistando amigos. Muitos deles selarão compromissos conosco na universidade, no trabalho ou em outros grupos sociais que façamos parte. A diferença é que, passada a adolescência, ficaremos mais seletivos, para não dizer desconfiados. Quando somos bastante jovens e inexperientes, acreditamos na perfeição do ser humano, idealizamos as pessoas de acordo com as nossas aspirações e expectativas, esquecemos que somos imperfeitos e nos decepcionamos. Tudo isso é normal e faz parte da vida de todos, ao menos da maioria.
Com o tempo aprendi que amigos não são perfeitos, mas são essenciais. Eles têm aquelas palavras sempre oportunas e que soam bem aos ouvidos, no momento em que mais precisamos. São eles que, carinhosamente, nos chamam a verdade e a realidade, mesmo que isso represente um processo doloroso, e tentam apaziguar os nossos corações. São os amigos também que riem de nossas bobagens e tolices, brincam para nos tirar de situações ridículas, abraçam-nos quando a vida nos faz chorar e pegam o lápis para colorir aqueles dias cinza. Eles também silenciam, quando necessário, para não magoar.

São para os amigos que corremos ansiosamente  ao telefone,  teclamos sem parar  no computador, passamos apressadamente torpedos para dizer, quase sem fôlego, que algo de bom nos aconteceu. São para os amigos que gritamos, como já dizia o compositor Gonzaguinha “Viver! E não ter a vergonha de ser feliz. Cantar e cantar e cantar, a beleza de ser um eterno aprendiz... Ah meu Deus! Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será, mas isso não impede que eu repita... “
E os amigos respondem: “É bonita, é bonita, e é bonita."
Sabem por que eles respondem? Porque não existem verdadeiros amigos. Existem AMIGOS. E esses saberão vibrar conosco, uníssono, na mesma felicidade. Porque encontrar quem chore conosco é bem mais fácil, o difícil é encontrar quem gritará de felicidade pelo nosso sucesso.
Aos meus amigos de “A” a “Z”, aos que estão unidos a mim por laços sanguíneos e para aqueles que estão pelos laços do coração, sintam-se todos abraçados neste dia. 
                                                                                          "A gente não faz amigos, reconhece-os.”
Vinícius de Moraes

(Imagens do weheartit.com)

7 comentários:

  1. A-do-rei! "São tantas emoçôes...!" rsrsrs Obrigada! Um cheiro e Feliz Dia do Amigo!
    Silvania

    ResponderExcluir
  2. Belas e verdadeiras palavras... Feliz dia do Amigo!! Um forte abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Dessa vezzzzzzzzzzzzzzzzz rsrsrsrs concordo com você amiga querida. selma

    ResponderExcluir
  4. Adorei... um dia especial como esse poderia ser todo dia...
    Beijossssss

    ResponderExcluir
  5. Amigo é isso mesmo. Adorei o texto e as imagens estão ótimas!!

    ResponderExcluir
  6. Owwwn que texto lindo *-*
    Ameeei demais :D

    Beijos
    http://diariodelooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu sou o paulistano primo dessa pessoa incrível que é Jôse, e posso dizer a todo mundo em voz alta:

    ESTA MULHER É MARAVILHOSAAAAAA !!! AMO VOCÊ PRIMA, LINDO TEXTO.

    Concordo em gênero e grau.

    Tô com você.

    Um cheiro

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.