Você se preocupa com a queda de cabelos?



Cabelos bem cuidados emolduram o rosto. Para muitas mulheres, um dos problemas que rondam suas cabeças é a queda de fios. Quando não se busca as causas, através da consulta a um dermatologista, tenta-se resolver o problema com soluções caseiras ou xampus antiquedas comprados em supermercados. Uma das melhores formas de evitar um problema, minimizá-lo ou solucioná-lo ainda é a informação. E como um dos objetivos deste blog é informar, o Tudo na nécessaire ouviu a Dra. Adeíza Branco, dermatologista e grande colaboradora do site.

Tudo na nécessaire: Quais as causas da queda de cabelo na mulher?
Dra. Adeíza: Antes de apontarmos as causas da queda de cabelo é necessário entender como funciona o ciclo de vida dos pelos. Cada fio de cabelo passa por várias fases: período de crescimento que dura em torno de 4 a 5 anos, sendo considerada a mais longo. Em seguida temos a segunda fase - a do envelhecimento que se finaliza com o desprendimento e a queda do fio. Por último vem a fase do repouso que dura alguns meses até que um novo fio venha a nascer. Este ciclo de vida dos cabelos está ocorrendo constantemente em nosso couro cabeludo e por isso teremos sempre fios crescendo, caindo e em repouso. Por isso, é normal que cada dia alguns fios caiam quando passamos as mãos nos cabelos, penteamos ou lavamos. Porém, existem alguns fatores que podem levar a uma aceleração na fase da queda e que assustam muitos pacientes, principalmente, as mulheres. São eles: doenças da tiroide, anemias, alterações hormonais, doenças reumáticas, perda demasiada de peso, idade e hereditariedade. Somando-se a estes, alguns hábitos podem piorar ainda mais a queda: banhos com água quente, lavar os cabelos com xampu que associa componentes considerados dois em um e passar vários dias sem lavá-los. Devido a esses vários fatores, aconselhamos que a pessoa, ao observar um aumento na queda dos fios de cabelos, procure um dermatologista que irá  solicitar os exames necessários que identificaram as causas e prescreverá o tratamento adequado.

Tudo na nécessaire: A partir de qual idade pode começar a aparecer os primeiros sintomas da queda de cabelos?
Dra. Adeíza: A queda de cabelos pode ocorrer em qualquer idade. O que determina são as causas que podem ser diferentes nas várias faixas etárias. Por exemplo: Na mulher idosa, a menopausa é um fator importante na rarefação dos pelos.

Tudo na nécessaire: Quais as providências que a mulher deve tomar ao sentir que seu cabelo está caindo além do normal?
Dra. Adeíza: Inicialmente, manter os cabelos sempre limpos, ou seja, lavá-los diariamente, preferencialmente. Usar água em temperatura ambiente, xampu neutro para lavar os fios e utilizar o condicionador apenas nas pontas. Essas providências dever ser tomadas até a consulta com o médico.

Tudo na nécessaire: A mulher corre o risco de ficar careca ou apenas de ficar com pouco cabelo?
Dra. Adeíza: Existe uma doença rara chamada alopecia areata que pode atingir todo o couro cabeludo, levando a mulher a uma calvície generalizada. No entanto, como já disse é extremamente rara. O que geralmente ocorre é a rarefação do pelo, principalmente, nas mulheres com história familiar de calvície e no período da menopausa.

Tudo na nécessaire: Os tratamentos, geralmente, têm bons resultados?
Dra. Adeíza: Existem alguns medicamentos tópicos e orais que, na grande maioria dos casos, melhoram ou resolvem o problema da queda.

Tudo na nécessaire: E os xampus que encontramos no comércio são eficazes?
Dra. Adeíza: Os xampus encontrados em mercados e magazines, geralmente, não têm as substâncias que tratam a queda. É importante a orientação médica para conduzir o tratamento.

Tudo na Necessaire indica:
Dra. Adeíza Branco
Av. Fernando Simões Barbosa, 22
Galeria Santo Antonio – Boa Viagem
Fone: (81) 3467-8997

2 comentários:

  1. Acho que esse artigo esclareceu em parte a queda dos meus cabelos. Vou tomar providências.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa esta entrevista, esclareceu algumas dúvidas. Irei procurar o médico. Obrigada! bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.