Se Dalila, minha cachorrinha, fosse professora ensinaria...



Dalila



De autoria desconhecida, mas está circulando pela internet a lição que podemos extrair da convivência com um cachorro. Com o título, “Se seu cachorro fosse professor...”, repasso dizendo “Se Dalila, minha cachorrinha, fosse  professora ensinaria...

“Quando alguém que você ama chegar em casa, corra ao seu encontro.
Nunca perca uma oportunidade de passear.
Permita-se experimentar o ar fresco do vento no  rosto.
Mostre aos outros quando estão invadindo o seu território.
Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
Corra, pule e brinque todos os dias.
Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas lhe tocarem.
Não morda, quando um simples rosnado resolve a situação.
Em dias quentes, pare e role na grama. Beba bastante líquidos e deite-se debaixo da sombra de uma árvore.
Quando estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
Não importa quantas vezes uma pessoa lhe magoa. Não sinta culpa. Volte e faça as pazes.
Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
Alimente-se com gosto e entusiamo. Mas, coma apenas o suficiente.
Não pretendar ser o que você não é.
Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio, mas por perto, para confortá-lo.
E o mais importante:  seja leal.”

Bom início de semana para todos, agradecendo o carinho das pessoas
que estão enviando mensagens.



Um comentário:

  1. Esses pequeninos são muito espertos... eles "falam" com os olhos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.