As mensagens



 Não é de hoje que nós, seres humanos, precisamos de uma bússola espiritual. Os Vedas, o Alcorão e a Bíblia são livros sagrados das religiões Brâmane, Islâmica, Judaica e Cristã, respectivamente. Todos eles trazem, ao seu tempo, ensinamentos que são repositórios de sabedoria consolidada por seus líderes inspirados, certamente, pelo alto. Com a doutrina espírita, não é diferente, além do livro-mor do Cristianismo - a Bíblia, os espíritas estudam os livros codificados por Allan Kardec.

Paralelos a esses tesouros, de cada religião, surgem as novas interpretações e ramificações. Em contrapartida, mesmo com o passar milenar do tempo, as sensações como dor, sofrimento, angústia, desespero e depressão que já poderiam ter sido eliminadas ou amenizadas, obviamente pelo exercício individual dessas lições, ainda marcam a trajetória de todos nós, revelando o quanto ainda estamos no estágio do nosso eu primitivo.

Nessa condição, perguntamo-nos como pode o homem vencer-se? Sabe-se que, quanto mais pensamentos negativos como dor e aflição sejam substituídos pelos  positivos - de saúde e compreensão, maiores serão as nossas chances de conseguir a paz interior que tanto buscamos.  O provérbio “mente sã em corpo são”, de Juvenal, afirma que o corpo é o reflexo da mente e se tivermos harmonia entre esses dois eixos – o emocional e material, obteremos o equilíbrio de nossas vidas. Aceitar os fatos que não podemos mudar como parte de um caminho que, necessariamente, vamos percorrer para alcançar a sublimação do espírito, deveria ser a atitude mental de todos nós, mas infelizmente é um comportamento difícil que requer aprendizado, quase milenar, e muita fé.

Quando o “Tudo na nécessaire” publica, sempre as segundas-feiras,  as mensagens encontradas em livros ou recebidas pela internet, com as autorias (se conhecidas) fielmente creditadas, pensa a autora deste blog estar primeiro oferecendo aos seus leitores palavras, carinhosamente e sem evidenciar alguma religião, de incentivo e encorajamento para as batalhas diárias, que sabemos serem muitas e, segundo estar aumentando o seu aprendizado pela oportunidade da releitura. Somos todos soldados da mesma batalha, buscando consolo, apoio, explicações, felicidade e aperfeiçoamento.

Mensagens falam ao coração, ecoam na alma, consolam, respondem, auxiliam e impulsionam. Segue a de hoje, com o desejo que possamos construir a paz dentro nós.

 JRDS

Um comentário:

  1. A morada do homem é o horizonte.

    "Eu creio na religião do amor para onde quer que se dirijam as suas caravanas, pois o amor é a minha religião e a minha fé ". IBN ARABI, século XIII

    Minha prima, é o nosso orgulho.

    AMAMOS

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.