Um velho pinheiro




Recebi esta mensagem, pela internet, com autoria atribuída a Paulo Roberto Gaefke.Transcrevo, desejando um bom início de semana para todos. Beijão.
"Um dia, diante de uma velha árvore torta - um pinheiro todo vergado pelo tempo, o sábio da aldeia ofereceu a sua própria casa para aquele discípulo que "conseguisse ver o pinheiro na posição correta".
Todos se aproximaram e ficaram pensando na possibilidade de ganhar a casa e o prestígio. Mas como seria enxergar o pinheiro na posição correta?


 
O mesmo era tão torto e a pessoa candidata ao prêmio teria que ser, no mínimo, contorcionista. Ninguém ganhou o prêmio e o velho sábio explicou ao povo ansioso que, ver aquela árvore em sua posição correta, era "vê-la como uma árvore torta".  Só isso!
Moral da história:
Temos uma mania de querer "consertar as coisas, as pessoas e tudo mais" de acordo com a nossa visão pessoal.
Quando olhamos para uma árvore torta é extremamente importante enxergá-la como árvore torta, sem querer corrigi-la, porque é assim que ela é. Se você tentar corrigi-la, a velha árvore poderá rachar e morrer. É fundamental aceitá-la como é.
Nos relacionamentos, é comum criarmos expectativas. Esperarmos que o outro faça aquilo que sonhamos e não o que ele pode oferecer, pode causar muitos sofrimentos.
Porque temos essa vontade de "consertar“ as pessoas?
Se tentássemos enxergar as coisas como elas realmente são, muitos sofrimentos poderiam ser poupados. Até alguns pais sofreriam menos com os filhos porque não colocariam expectativas suas, na vida dos deles, gerando frustações, rebeldias e fracassos.
Se tentassemos enxergar que o torto pode ser a melhor forma de uma árvore crescer e ser, todos os relacionamentos ficariam mais facéis. Muitas mágoas, brigas e ressentimentos deixariam de existir.
Pode ser que você seja a árvore torta na vida de outra pessoa. Tenha paciência. Respeite-se, aceitando os limites. Mas, jamais perca a vontade e oportunidade de ser o melhor pinheiro da região."

Um comentário:

Obrigada pela visita.