Serenidade










Diz Joanna de Ângelis:

“Diante de quem te enganou, traindo a tua confiança, o teu ideal ou envolvendo-te em malquerença, mantém-te sereno.

O enganador é quem deve estar inquieto, e não a sua vítima. [...]

No teu círculo familiar ou social sempre defrontarás com pessoas perturbadas, confusas e agressivas. Não te desgastes com elas, competindo nas faixas de desequilíbrio em que se fixam.

Constituem teste à tua paciência e serenidade.

Assim, exercita-te com essas situações para, mais seguro, enfrentares os grandes testemunhos e provações do processo evolutivo. Sempre, porém, com serenidade”.


Bom início de semana.


Casando nosso filho





Qual o sentimento de casar um filho? Primeiro, de gratidão por acreditar que a família é a célula principal de uma sociedade.

Depois, de assistir ao sonho realizado do filho para construção de um novo núcleo, pautado no exemplo transmitido pelos pais de ambas as famílias.

Se é felicidade? Nossa, é demais.






Reserva Ecológica Carnijó, Fazenda Beatriz da família Souza Leão.










Meu filho tentou controlar a emoção, mas não conseguiu. Então, toda minha 

tentativa de não chorar, foi por água abaixo e de muitos 

convidados também...  



Muita emoção para início de um novo ciclo.




Natureza e lavandas para decorarem a ocasião.



      
      Casamento oficializado pelo meu amigo Breno Duarte Ribeiro, com a 

                                     palestra inicial de Laila Anine.







E mamãe entregou as alianças, que foram confeccionadas    

    da aliança do meu pai - que partiu para outra dimensão no ano passado.                                               
                                            
          
           
               A valsa dos noivos foi irreverente e linda, como eles...


       





Buquê natural, agora devidamente congelado 💗




                     Irresistível tantos doces, sorvetes, tortas e bolo.









Amigos de todas as horas celebraram a nossa alegria.





                                 
 E a nossa sensação do dever cumprido.
  
           Que venham os netos...







Seja disciplinada com você







Outubro começa rosa e com um alerta estampado na consciência de todas as mulheres: Cuidem-se. Façam exames preventivos. O câncer é uma doença democrática, atinge todas as pessoas.

Reproduzo a entrevista que fiz com o mastologista e cirurgião-geral pernambucano, Jessé Marques da Cunha, no ano passado, por se tratar de tema relevante para saúde pública.

A luta contra o câncer é responsabilidade de todos nós. Detectar a doença em seu estágio inicial ainda é a melhor forma de se obter a cura. Depois do câncer de pele não-melanoma, o mais comum é o de mama, seguido de cólon e reto, colo do útero, pulmão e estômago, afirma o médico Jessé Marques.

Joseane: Quais os principais fatores que favorecem o surgimento do câncer de mama?

Dr. Jessé Marques: Um dos principais fatores é, sem dúvida, a genética. Mulheres com casos de câncer de mama na família, em mães, avós e tias devem ter cuidado redobrado.  Outras causas estão relacionadas à reposição hormonal, alimentação, alcoolismo, tabagismo, obesidade e estresse.

Joseane: As mulheres estão iniciando cada vez mais cedo a vida sexual. Consequentemente, ainda na adolescência tomam contraceptivos. A partir de qual idade a mulher deve se cuidar?

Dr. Jessé Marques: A mulher deve se cuidar a partir de sua primeira menstruação. Nessa fase, o médico pode ser menos agressivo no tratamento e não ser tão rigoroso, mas o acompanhamento é necessário. E não estamos apenas falando do exame físico e clínico, mas destacamos a importância de se fazer ultrassonografia. Também é nessa fase que plantamos a semente da conscientização da prevenção por toda a vida. Então, digo: Mulheres, procurem seu médico, seja ele clínico, ginecologista ou mastologista para que se possa detectar qualquer tipo de lesão o mais cedo possível, ainda na fase impalpável na mama. Um diagnóstico preciso é tão importante quanto o tratamento.

Joseane: Qual o recado para a mulher que foi diagnosticada com câncer de mama?

Dr. Jessé Marques: Confie no seu médico e siga, rigorosamente, as orientações do tratamento. Seja disciplinada. Tenho certeza que ele se tornará seu melhor amigo para enfrentar a adversidade. Porque o segredo é o primeiro passo do tratamento e o médico não pode errar.




Livro vivo







Onde se lê: este tão vivo
Leia-se: esteve tão vivo.